sábado, 21 de agosto de 2010

Saída de Manaus e Chegada a Barquisimeto

No aeroporto quando estava saindo de Manaus foram me deixar minha mãe, meu irmão, minha prima e o filho dela e um pouco antes de embarcar chegou o pessoal da AIESEC pra se despedir também. Camila Patty, Mila, Marcus, Robson. É muito estranho a gente se despedir dessa forma das pessoas que a gente gosta, mas de certa forma a ficha ainda não tinha percebido a real dimensão de passar 10 meses fora de casa.
Quando eu entrei na sala de embarque os outros passageiros já estavam entrando no avião e foi nessa hora que caiu a ficha e comecei a sentir realmente a despedida. Mas bem, o objetivo é falar da saída de Manaus e a chegada em Barquisimeto, voltemos ao nosso foco original.

Pra quem não sabe, a Venezuela é um pais que faz fronteira com o meu Estado, Amazonas, porém, com a loucura do nosso país, não tem vôo direto, eu preciso fazer conexão ali no “meio do caminho”, ou seja, em São Paulo. O Vôo Manaus – São Paulo, foi maravilhoso. O avião daqueles tipo padrão internacional , com espaço bom entre as cadeiras e televisão pra assistir filme. Eu tinha até pego um filme com a Araguacy, mas resolvi deixar guardado pra um momento que não tivesse o que assistir. Acabei assistindo um DVD preparado pela Luanda com alguns depoimentos de AIESECos pra mim. Muito bom ouvir as palavras de carinho e apoio desses meninos e meninas que fizeram parte da minha vida por 4 meses e que espero que continuem fazendo por muito mais. Obrigado a vocês e às pessoas que gostariam de ter feito mas não puderam.
Depois assisti um filme que tinha lá, mas se arrependimento matasse... assisti um filme muito chato Jhonny e June, não recomendo.

Ao chegar em São Paulo, fui orientado a desembarcar e embarcar novamente no terminal internacional, mas como ainda faltavam 2 horas pra embarcar e 1 pra viajar resolvi comer por ali por fora mesmo antes de entrar na sala de embarque, até porque fora tem mais variedade que dentro. Comi um big cachorro quente duplo e com tudo que se possa imaginar menos milho... hehehehe
Depois disso entrei pra sala de embarque e conectei a internet pra ficar batendo papo =)
Aliás, antes de sair de casa eu coloquei na minha mensagem do Facebook “Em 24 horas estarei em Barquisimeto Venezuela” e eu nunca tive tanto comentário quanto tive nesse. =) É sempre bom receber carinho de todos né?
Quando embarquei qual não foi minha surpresa, o avião era do mesmo tipo, mas com menos espaço entre as cadeiras, sem telinha na frente pra assistir filme e o pior, o vôo lotado. Putz que horrível ó.. ainda mais pra um vôo de 6 horas até Caracas.
Logo que o vôo estabilizou começaram o serviço de bordo e serviram um jantar com uma salada, um raviole e um pudim, até que tava bom. Mas depois disso foi meio tenso, sem posição e sem espaço pra conseguir dormir, acordava de meia em meia hora pra mudar de posição.
As 4 e pouco da manha finalmente desembarquei em Caracas, passei pela imigração, alfândega e saí. Quando sai veio um monte de gente pra cima de mim querendo saber se eu queria taxi, se eu queria vender dólares, entre outros. Ai teve um cara que ficou me seguindo, acabei tendo que desguiá-lo. Depois conto pra vocês a situação do dólar e do Euro aqui.
Acabei trocando na casa de cambio somente o suficiente pra comprar minha passagem pra Barquisimeto e comer algo, mas acabei nem comendo nada. Comprei uma passagem as 7:50 da manha que chegaria as 8:30 lá. Logo que entrei na sala de embarque comprei um cartão telefônico e liguei pra Esteli(meu contato aqui – TN manager pros aiesecos) avisando que chegarias as 8:30 e não as 11 como tinha planejado, coitada acho que eram umas 6 e pouco da manhã , mas tinha que fazê-lo.
Aviãozinho pequenininho mas não tava muito lotado. O Vôo é tão curto que quando terminou o serviço de bordo já estava quase pra pousar... hehehehe
Quando cheguei peguei minhas malas e fui em direção a porta. De saída, fiquei olhando procurando pessoas que estivessem pelo menos com um papelzinho escrito AIESEC ou o meu nome, mas nada, não tinha ninguém. Eu não me desesperei, resolvi esperar uns 15 minutos e ai eu ligaria pra Esteli novamente, e foi o que fiz. Quando liguei ela me disse que tinha uma pessoa lá já, e eu perguntei como faria pra encontrá-la e ela respondeu não te preocupa ela te encontra. Hahahaha
Ok. Voltei para a porta de saída, até que não demorou muito chegou uma moça e perguntou: Cual és tu nombre? Daniel? E eu Si...
Depois disso, fomos conversando até o carro e fomos buscar a Esteli. Trocamos alguns dólares e quando estávamos indo pra casa da mulher que ia me alugar o quarto a Esteli ligou pra ela e ela inventou uma desculpa dizendo que não poderia mais me receber e coisa e tal. Mas daí até arranjarem um outro host foi a coisa mais rápida, quando eu percebi que não tinha onde ficar elas já tinham arranjado outro lugar para eu ficar a partir de domingo, já que a dona da casa havia mandado pintar tudo e só ficaria pronto no domingo.
Enquanto isso, ficaria na casa do José Davi, que já foi LCP(Presidente) de Barquisimeto, MC(Time nacional da AIESEC) da Venezuela e também acabou de voltar do seu intercambio na Índia.
É, a viagem já começou cheia de aventurar neh?? Uauhahuha
Em breve volto aqui pra contar o que fiz esses dias e quero fazer um FAQ(Frequently Asked Questions), respondendo as perguntas que tooooodo mundo me faz.. hehehehe
Abraços
Daniel Thomás

8 comentários:

Lauana disse...

Aventuras em Barquimiseto com Daniel Thomas!


¿Hola, que tal? Que haces en BVarquimiseto? Rsrsrs

Curta mmmt e conta sobre a a situação do dólar e do Euro ai.

~..~ Cau ~..~ disse...

hehe
lauanaaa, é barquinhomento, e não barquimiseto! kkkk
brincadeira, é um nome difícil pra gente, barquisimeto!
dan, muitas aventuras logo no primeiro dia!
vai contando tudo pra gente!
vou escrever lá na nossa lista como foi o nosso primeiro encontro sem você!
bjbjbjbj
cáu

~..~ Cau ~..~ disse...

ah, e tb quero saber essa história do euro e dólar

Lu disse...

Oieeeeeeee..

Caramba, q aventura, neah??

Curte td mtmtmtmtmtmt e conta tdtdtdtdtd hihi #acuriosa..

Ahh.. não precisa agradecer pelo DVD, ok?? Saber q vc gostou já é o suficiente.

Bjinhos

Marcela Fróes disse...

Ahh Daniel, bem que te avisei sobre a situação da chegada ao aeroporto!!!!! chove pessoas perguntando se queres taxi, e ficam iguais sombras mesmo, hahahha.
Mas isso é só o início de muitos momentos que marcarão sua vida para todo e sempre!!!!
E qualquer sufoco, entra em contato com aquele meu amigo, que ele tá avisado que vc tá por ai e que se precisasse iria procurá-lo.
Bju, bjus.

Marcela Fróes

Araguacy disse...

Dan... tou aqui pensado: qual o melhor chapéu que Indiana Jones usava, para que possa arrematá-lo pra vc!!
Allém das aventuras, vc iria arrasar!
Bjss

Pessoa disse...

haha!

Que legal, mano!
Deve ter sido barra chegar lá e não ter ninguém, ein =/
hehehe... mas foi uma experiência.
Num pára de postar não que eu vou estar sempre querendo saber mais hehe.

nossas conversas no gtalk não são suficientes rsrs

abs o/

Bruna Grecia disse...

Hey Dani! Que aventuras ein? Eu sei como é ir viajar no conforto e dps epgar outro aviao pessimo!
#CONADEfeelings.

Que bom que você está aproveitando ai, dps posta mais coisa pra gente ler!

Hasta Luego

besos