segunda-feira, 12 de julho de 2010

Eu ando pelo mundo prestando atenção em cores que não sei o nome...

Eu ando pelo mundo
Prestando atenção
Em cores que eu não sei o nome
Cores de Almodovar, cores de Frida Kahlo, cores

Passeio pelo escuro
Eu presto muita atenção no que meu irmão ouve
E como uma segunda pele, um calo, uma casca
Uma cápsula protetora
Eu quero chegar antes
Pra sinalizar o estar de cada coisa
Filtrar seus graus

Eu ando pelo mundo divertindo gente
Chorando ao telefone
E vendo doer a fome
Dos meninos que têm fome

(Refrão)
Pela janela do quarto
Pela janela do carro
Pela tela, Pela janela
Quem é ela, quem é ela?
Eu vejo tudo enquadrado
Remoto controle.
(Refrão)

Eu ando pelo mundo
E os automóveis correm para quê?
E as crianças, pra onde correm?
Transito entre dois lados
De um lado, eu gosto de opostos
Exponho o meu modo, me mostro
Eu canto para quem?

(Refrão)

Eu ando pelo mundo e meus amigos, cadê?
Minha alegria, meu cansaço?
Meu amor, cadê você?
Eu acordei, não tem ninguém ao lado.

(Refrão)

Essa música da Adriana Calcanhoto vai reger esse blog e a experiência da minha vida.
em breve conto um pouco mais.
Abraços
Daniel thomás

2 comentários:

Camila Patty disse...

Adoro Adriana Calcanhoto. Descubra o significado dessa música na prática e nos conte depois. Boa viageeem Dan!

~..~ Cau ~..~ disse...

primeira vez que venho aqui. comecei por ler o post dessa música. linda, linda, linda!
esta é a noite em que vc chegou ao seu destino. e seus amigos cadê? estamos todos aqui, esperando que vc curta demais esta experiência. vai curtir. e quando voltar vai ser um dan super hiper mega power melhor ainda do que já é!
bjbjbjbj
cáu